CAMPO GRANDE19º MIN 26º MAX
Primeira Notícia UFMS
  Friday, 22 de June de 2018
 
31 de October de 2017 - 00h47

Projeto do curso de Música da UFMS propõe musicalização infantil para crianças de até 3 anos

A iniciativa mostra às crianças e aos pais a importância dos sons no desenvolvimento infantil

CARLOS YUKIO, LUCAS SILVA, PAULA NAVARRO
Projeto do Curso de Música da UFMS tem 70 inscritos no segundo semestre letivo de 2017Projeto do Curso de Música da UFMS tem 70 inscritos no segundo semestre letivo de 2017  (Foto: Lucas Silva)

O Musicalização Infantil UFMS é um projeto de extensão do curso de Música da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul que visa exercitar a audição e o timbre das crianças e estimular o canto e a sociabilidade dos bebês. Nas aulas são trabalhadas músicas infantis para estimular a coordenação motora com auxílio de instrumentos como reco-recos, tambores, chocalhos, guizos e xilofones. A musicalização vai além de apenas cantar uma música. Em uma aula de musicalização infantil, a criança participa de atividades cuja proposta é trabalhar os parâmetros do som, movimentos sonoros de subidas e descidas e o próprio silêncio. 

O programa dá a oportunidade aos acadêmicos do curso de música de voluntariarem para ministrar as aulas. O projeto também serve como laboratório para os estudantes desenvolverem pesquisas e trabalhos acadêmicos a partir da observação dos alunos.

O acompanhamento de um adulto, durante as aulas, é obrigatório. A professora do curso de Música da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul e coordenadora do projeto, Mariana Stocchero justifica a presença de um adulto de acordo com as necessidades da criança. "O período de 6 meses que instituímos é quando o bebê tomou todas as vacinas e já tem domínio mínimo sobre o corpo, por exemplo, sentar sozinho. O objetivo da musicalização em crianças tão pequenas não é desenvolver apenas nelas aspectos musicais, mas também trabalhar com os pais, com as famílias o que eles podem fazer em casa para auxiliar no desenvolvimento musical da criança".

O projeto Musicalização Infantil tem como propósito favorecer e colaborar no desenvolvimento dos alunos. Ensinar música tem relação com a sensibilidade do professor em perceber como esta pode ajudar em sua aula.

Artigo do acadêmico de Pedagogia da Universidade Estadual de Londrina (UEL) Luis Rodrigo Godoi,  A Importância da Música na Educação Infantil publicado em 2011, afirma que “o uso ou o trabalho com a música tem como enfoque o desenvolvimento global da criança na educação infantil, respeitando sua individualidade, seu contexto social, econômico, cultural, étnico e religioso, entendendo a criança como um ser único com características próprias, que interage nesse meio com outras crianças e também explora diversas peculiaridades em todos os aspectos”. O envolvimento das crianças com a música acontece desde pequenos. Essa presença desenvolve nelas conhecimentos novos, como vocabulário, socialização e autonomia.

Mariana Stocchero ressalta que a musicalização tem como propósito estimular outros aspectos, como a socialização. “A criança muito pequena vem aqui e ela tem contato com outros bebês, conhece outros adultos que não são do convívio dela. Existem vários estudos que investigam a relação da inteligência musical favorecendo outras habilidades e outras inteligências”.  

 

 

Pais e Mestres   

Para a pedagoga e pesquisadora do Mestrado em Educação da Universidade Federal de Rio Grande do Norte, Áquila Ribeiro, há insuficiência na oferta de cursos de musicalização infantil nos cursos de pedagogia. Para Áquila Ribeiro, a musicalização é um instrumento importante de construção da educação infantil. “O professor precisa ter esse conhecimento. Vivemos um processo difícil na formação musical dos professores. Muitas vezes, os pedagogos e pedagogas não sabem como trabalhar e não têm elementos em que possam construir esse conhecimento com as crianças”.    

A acadêmica do curso de Música da UFMS e bolsista do projeto, Kelli Mello colabora com o planejamento e com a apresentação das aulas. A estudante se interessou pelo tema ao perceber que tinha afinidade com a pesquisa e experimentação na área após participar do projeto piloto Musicalização para Bebês, em 2016. “Na musicalização trabalhamos com uma variedade de ações. Percebemos que aqueles que estão há mais tempo no projeto têm uma concentração maior nas rotinas e atividades das aulas. Alguns seguem o ritmo das canções e socializam melhor. Na coordenação motora e motricidade percebemos um avanço considerável”.

Os pais são convidados a participar junto com os filhos, uma vez por semana, em aulas de 50 minutos. Joemerson Leite e Valdirene Leite acompanham o filho de um ano nas aulas desde que ele ingressou, há dois meses. Os pais souberam do projeto por meio da página do Facebook. “O nosso filho é superativo desde os 3 meses. Nas primeiras aulas, ele ficava quieto e hoje já interage mais. Ele começa a ter mais contato com outras crianças e aprende. Depois que começou a vir aqui, ele começou a cantar em casa”. 

Serviço

As aulas são ministradas todas as terças e sextas-feiras no bloco VIII da UFMS, em frente ao estádio Morenão, com uma turma de 6 a 18 meses às 14h00, de 1 a 2 anos às 15h00 e de 2 a 3 anos às 16h00. Os interessados podem se inscrever no começo de cada semestre por meio de formulário publicado na página do Facebook Musicalização Infantil, as vagas são limitadas e o interessado deverá pagar uma taxa de R$100,00, cobrada semestralmente para a manutenção dos instrumentos e materiais. 

COMENTÁRIOS
 © Copyright 2018 Primeira Notícia