CAMPO GRANDE19º MIN 26º MAX
Primeira Notícia UFMS
  sábado, 22 de julho de 2017
 
19 de fevereiro de 2017 - 12h53

Delegacia Virtual será implantada na UFMS

Delegacia Virtual ficará localizado próximo a Central de Segurança do campus e o usuário terá acesso a um telefone, computador e impressora, para auxiliar no registro de boletins de ocorrências

LORAINE GONÇALVES E LAURO BURKE
Ponto da Delegacia Virtual ficará na Central de Segurança da UFMSPonto da Delegacia Virtual ficará na Central de Segurança da UFMS  (Foto: Lauro Burke)

A Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) implantará uma Delegacia Virtual para facilitar o acesso dos acadêmicos aos serviços oferecidos pela Polícia Civil do estado (PCMS). A parceria foi firmada entre as entidades no último dia nove, e o serviço será o primeiro oferecido no país, em uma universidade pública. O campus de Campo Grande é o primeiro a receber o projeto.

O presidente da Comissão de Segurança da UFMS, Fernando Lopes Nogueira explica que o ponto de acesso à Delegacia Virtual ficará localizado próximo a Central de Segurança do campus e o usuário terá acesso a um telefone, computador e impressora, para auxiliar no registro de boletins de ocorrências, denúncias, e na obtenção de informações. “Muitas vezes você mora muito longe, até chegar na sua casa você não tem acesso a um terminal de computador. Vamos atender todos os discentes, professores, técnicos da universidade e o público externo”. 

Nogueira afirma que delegacia facilitará o acesso (Foto: Lauro Burke)

Nogueira afirma que o projeto é uma extensão da Delegacia Virtual da PCMS e sem a presença de policiais dentro da universidade. “É mais um ponto de atendimento e auxílio ao cidadão. É inédito dentro das universidades federais brasileiras e isso pode se estender para as outras universidade. Pode se estender para os outros campi aqui da UFMS, se isso realmente for bem aceito”.

Insegurança

Para a estudante do curso de Química, Mariana Moreira Souza os casos de assalto dentro do campus da UFMS e próximos à região, são preocupantes para muitos acadêmicos que frequentam o local. A estudante afirma que se sente insegura e foi vítima de assalto próximo à universidade. “Todos nós temos medo de andar a noite por aqui e é comum ficar sabendo de pessoas que são assaltadas nas proximidades. Tem que melhorar a segurança”.

Segundo Fernando Lopes Nogueira, a universidade trabalha na melhoria da segurança. Nogueira afirma que 50 câmeras de vigilância monitoram o interior do campus e está prevista a instalação de câmeras também na parte externa do local. A instituição firmou parceria com a Guarda Municipal para que rondas sejam feitas na região da UFMS.

Segundo a assessora de Gestão e Projetos da Polícia Civil, Sidnéia Catarina Tobias a delegacia funcionará no período diurno e as entidades querem ampliar o horário. “Queremos trabalhar a noite também, 24 horas direto, até pra atender os universitários e todas as pessoas que transitam por ali a noite”.

 

 

COMENTÁRIOS
 © Copyright 2017 Primeira Notícia