CAMPO GRANDE19º MIN 26º MAX
Primeira Notícia UFMS
  segunda, 20 de novembro de 2017
 
16 de agosto de 2016 - 15h08

Programa capacita agentes de saúde para prevenção do câncer de colo de útero e mama

Campo Grande é a segunda cidade com maior incidência de câncer e foi escolhida como sede do programa "Sempre Vida"

CINTHIA MIGUÉIS, LUANA MOURA, TAYANA VAZ
A ação será feita por meio da abordagem familia com foco na realização dos exames preventivos.A ação será feita por meio da abordagem familia com foco na realização dos exames preventivos.  (Foto: Tayana Vaz)

A Secretaria Municipal de Saúde Pública (SESAU) por meio da Área Técnica Saúde da Mulher e em parceria com o Instituto Oncoguia realiza em Campo Grande a capacitação de 600 agentes comunitários e 50 enfermeiros sobre a importância da prevenção do câncer de colo de útero e do câncer de mama. A especialização faz parte do Programa Sempre Vida e o projeto tem como objetivo atualizar e preparar os participantes para ações e disseminação da informação sobre esses tipos de cânceres e a importância de exames como o papanicolau e mamografia, fundamentais para a detecção precoce dos tumores de colo de útero e mama, respectivamente.

De acordo com a presidente do Instituto Oncoguia, Luciana Holtz, “essa é uma realidade que pode ser mudada por meio de educação e orientação personalizada e, para isso, precisamos muito dos agentes de saúde. As mulheres precisam compreender a real importância dos exames preventivos e se comprometer com sua própria saúde”.

Campo Grande foi escolhida como sede do programa, pois é a segunda com maior incidência da doença no país. Segundo dados do Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA), a baixa adesão das mulheres aos exames preventivos e o baixo atendimento do sistema de saúde, resultam na morte de 5.000 mulheres por ano por câncer de colo de útero.

Dados divulgados pelo Inca

Segundo a enfermeira e gerente técnica do Programa da Saúde da Mulher da prefeitura de Campo Grande, Indianara Alexandre, "a escolha de Campo Grande para esse projeto foi muito importante justamente por não termos um indicador positivo de diagnóstico precoce de câncer de colo de útero. Eu espero que os agentes de saúde fiquem mais empoderados com o conhecimento transmitido nessa capacitação e que sensibilizem as mulheres na realização do seu exame preventivo. Tenho certeza de que todo esse conhecimento será um divisor de águas para a realidade da nossa população”

O Instituto Oncoguia é uma associação sem fins lucrativos que tem como objetivo ajudar o paciente com câncer a viver melhor por meio de educação, conscientização, apoio e defesa dos direitos dos pacientes. Este é um projeto realizado com o auxílio da American Cancer Society, organização sediada nos EUA dedicada a eliminar o câncer como um problema de saúde no mundo.


Cânceres

A presidente da Associação de Ginecologia e Obstetrícia de Mato Grosso do Sul, Maria Auxiliadora Budib, explica a importância da prevenção desses cânceres porque no Brasil são 16.340 casos novos de câncer de colo de útero e 57.960 de câncer de mama em 2016. O câncer de mama é a segunda causa de morte de mulheres e o de colo de útero a terceira. A incidência desses dois cânceres ainda é considerada muito alta pelo Ministério da Saúde.

Eles podem ser detectados em fases iniciais, na maioria dos casos, o que aumenta as possibilidades de tratamento e cura. A estratégia é a detecção precoce por meio dos exames citopatológicos do colo de útero, preventivo, em mulheres de 25 a 64 anos, e a mamografia em mulheres de 50 a 69 anos.

COMENTÁRIOS
 © Copyright 2017 Primeira Notícia