CAMPO GRANDE19º MIN 26º MAX
Primeira Notícia UFMS
  segunda, 20 de novembro de 2017
 
21 de novembro de 2013 - 14h01

Alunas da UFMS ganham prêmio Águas Guariroba de Jornalismo Ambiental

[caption id="attachment_6415" align="alignleft" width="300"] Acadêmicas recebem premiação no auditório do CREA - MS (Foto: Brenda Cirino - arquivo pessoal)[/caption] O curso de Jornalismo da UFMS foi um dos ganhadores do Prêmio Águas Guariroba de Jornalismo Ambiental, este ano, na categoria acadêmica com a reportagem “Reduzir, Reutilizar, Reciclar” produzida pelas estudantes Bárbara Staszyk Versolato e Brenda Cirino para o jornal laboratório Projétil. Foram avaliadas as produções da mídia local nas categorias TV, Rádio, Web, Jornal Impresso, Fotojornalismo e Acadêmico. A edição teve 37 trabalhos inscritos, destes, seis premiados. Segundo a acadêmica do sexto semestre e uma das ganhadoras do prêmio, Brenda Cirino, participar de premiações como essa contribui para incentivar os estudantes a produzirem matérias em áreas específicas. A acadêmica também fala sobre a dificuldade de se produzir essas matérias: https://soundcloud.com/primeiranoticia/entrevista-brenda-cirino-pr Para a professora orientadora do jornal laboratório, Juliana Feliz, não existe problemas em orientar trabalhos que concorrem a prêmios, o que falta é estimular os alunos a participar. A professora universitária que também atua em outras Instituições de Ensino Superior (IES), diz que nas instituições particulares a disputa por prêmios é acirrada, pois  as universidades buscam os melhores resultados. "A gente incentiva, a coordenação também, porque queremos um curso forte, atuante e respeitado", completa Feliz. O Prêmio Águas Guariroba de Jornalismo Ambiental, tem como objetivo incentivar a produção sobre a importância do saneamento básico, e desta forma, colaborar para o conhecimento da população sobre o assunto. A iniciativa visa ainda reconhecer o trabalho de profissionais e dos meios de comunicação na divulgação de idéias e ações que contribuam para a conservação do meio ambiente e a qualidade de vida das pessoas. Além de um troféu, o ganhador de cada categoria profissional recebeu um prêmio em dinheiro no valor de R$ 3 mil. Na categoria acadêmica, o autor do trabalho vencedor recebeu troféu e certificado. Reportagem e multimídia: Lays Colombelli e Gabriel Cabral
COMENTÁRIOS
 © Copyright 2017 Primeira Notícia