Campo Grande21º MIN33º MAX
CIBERJORNALISMO

Ciberjor realiza Seminário Inter-Grupos de Pesquisa

Erika Espindola e Yasmin Rezende, de Campo Grande 1/09/2014 - 15h43
Compartilhe:

A 5ª edição do Simpósio Internacional de Ciberjornalismo, ocorrido na Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS), promoveu o 2º Seminário Inter-grupos de Pesquisa, no segundo dia (28). Foram discutidas propostas de novos projetos, publicações de livros e artigos, além do tema central do Simpósio "Big Data, Interface e Sociedade Digital".

Participaram do seminário os professores Dr. Josenildo Guerra, Dr. Rogério Christofoletti, Dr. Vitor Gentilli, Dr. Fernando Paulino, Dr. Edgar Rebouças, Dr. Danilo Rothberg e Dr. Gerson Luiz Martins, além de outros pesquisadores da Rede Nacional de Observatório de Imprensa (RENOI). 

Um dos fundadores da RENOI, o professor da Universidade de Brasília (UnB), Dr. Fernando Oliveira Paulino falou sobre os benefícios de uma rede como a RENOI. "A gente criou em 2005 a RENOI, e desde então existe vários eventos como o Seminário, presentes como forma de articulação de práticas jornalísticas, e acho que é um esforço muito importante para que haja intercâmbio de informações, para construção de rede e troca de conhecimento. E acho que o Seminário é um passo para a interação das pesquisas realizadas e dos pesquisadores, assim fortalecer tanto as atividades da graduação, quanto na pós-graduação também".

O professor da Universidade Federal de Sergipe (UFS), Dr. Josenildo Guerra comentou durante a sessão plenária, propostas de trabalho conjunto à respeito dos projetos que a rede pretende desenvolver. "Desde o ano passado estamos acertados de desenvolver dois projetos e de publicar três livros, os temas seriam sobre a memória da RENOI e outro sobre metodologias".

O desenvolvimento de pesquisas em rede é também uma proposta de projeto desenvolvida atualmente na UFMS em parceria com outras universidades. O professor da UFMS e coordenador do projeto, Dr. Mário Luiz Fernandes, falou sobre esse programa. Para ele "através de parceria com a Rede Centro-Oeste de Pós-Graduação, Pesquisa e Inovação  e seguindo seu exemplo, estamos tentando desenvolver um sistema de doutorado em rede entre universidades do Centro-Oeste. Pesquisas que seriam realizadas em conjunto entre os alunos, disciplinas oferecidas em módulos proporcionando ao acadêmico a possibilidade de fazer intercâmbio entre os estados do projeto. Enfim, uma série de benefícios que só será possível mediante o programa".

Durante o Seminário foi discutido o melhoramento de conteúdo e aproveitamento de tempo que pesquisas em rede podem proporcionar tanto ao acadêmico, quanto ao pesquisador. Paulino destacou alguns pontos desse tipo de parceria. "Esse tipo de encontro é de suma importância para o jornalismo e, para o próprio cenário de Campo Grande, é vitorioso. É uma grande discussão afim do melhoramento desde questões públicas até áreas mais acadêmicas mesmo".

O Prof. Dr. Fernando Oliveira Paulino falou sobre a "importância de um iniciativa como essa em Campo Grande, tem contribuindo para os pesquisadores trabalhem juntos".

Compartilhe:

Deixe seu Comentário

Leia Também