CAMPO GRANDE19º MIN 26º MAX
Primeira Notícia UFMS
  quarta, 20 de setembro de 2017
 
1 de setembro de 2014 - 23h47

Oficina do Simpósio de Ciberjornalismo retrata o impacto do uso de dispositivos móveis no jornalismo

O evento fez parte da programação do Simpósio Internacional de Ciberjornalismo e foi ministrada pelo Prof. Dr. Eduardo Pellanda

RAQUEL DE SOUZA E GABRIEL IBRAHIM
Professor Eduardo Pellanda apresentou novas tecnologias que alteram o modo de fazer jornalísticoProfessor Eduardo Pellanda apresentou novas tecnologias que alteram o modo de fazer jornalístico  (Foto: Iasmin Amiden)

A oficina “Dispositivos móveis e personalizações de conteúdo” fez parte da programação da quinta edição do Simpósio Internacional de Ciberjornalismo e foi ministrada pelo Prof. Dr. Eduardo Campos Pellanda. Pesquisas desenvolvidas na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) e os estudos de pós-doutorado feitos no Massachusetts Institute of Technology (MIT)  por Pellanda, demonstram que as novas tecnologias móveis ajudarão o jornalista no dia-dia da profissão.

Na oficina foi abordado o papel dos dispositivos de uso pessoal na personalização de conteúdo. Segundo Pellanda "eles podem adequar as formas de transmissão da notícia ao dia-dia de quem os utiliza". O Prof. Dr. João Canavilhas também comentou, durante a conferência de abertura do Simpósio, sobre o impacto dos dispositivos móveis na produção jornalística. Canavilhas chegou a afirmar que o "futuro do jornalismo está nos dispositivos móveis”.

A oficina também apresentou tecnologias que auxiliam na personalização de conteúdos e oferecem informações contextualizadas e adaptadas como o Google Glass. Segundo Pellanda, esse dispositivo pode ser uma ferramenta útil na transmissão de notícias curtas e na obtenção de material jornalístico, como cobertura de grandes eventos.

O Google Glass, por ser uma ferramenta discreta, possui funcionalidades como tirar fotos com um piscar de olhos e levantar, em tempo real, informações sobre desconhecidos na rua. Para os participantes o uso do óculos envolve questões éticas do jornalismo e o direito à privacidade. A professora da Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ), Alessandra de Falco, faz uma análise sobre o assunto e diz que o uso do Google Glass deve ser feito com cuidado.

COMENTÁRIOS
 © Copyright 2017 Primeira Notícia