CAMPO GRANDE19º MIN 26º MAX
Primeira Notícia UFMS
  sexta, 24 de novembro de 2017
 
3 de fevereiro de 2017 - 12h39

Detran-MS começa emitir o novo modelo da CNH

A mudança ocorreu no layout do documento sem ocorrer alteração nos procedimentos e no valor

CINTHIA MIGUEIS, LUANA AFONSO, TAYANA VAZ
A emissão da nova CNH será realizada para renovações e novas habilitaçõesA emissão da nova CNH será realizada para renovações e novas habilitações  (Foto: Luana Afonso)

O Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul (Detran/MS) começou a emitir o novo modelo da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) no dia 2 de janeiro de 2017, em cumprimento a Resolução nº 598, de 24 de maio de 2016, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). A mudança do layout é um dos requisitos de segurança para inibir fraudes e é válido somente para os novos documentos como, por exemplo, a primeira habilitação, renovação, segunda via, adição e mudança de categoria.

A Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Relacionados à Atividade Executiva de Trânsito (Deletran) foi inaugurada no dia 29 de dezembro de 2016, o órgão é responsável por fiscalizar a falsificação de CNHs e de veículos. Em janeiro deste ano, a Delegacia apreendeu 30 documentos com irregularidade. Segundo a delegada Titular, Alexandra Fávaro a Deletran recebe denúncias de falsificações, quanto adulteração de informações da CNH.

De acordo com o chefe da Divisão de Registro de Condutores do Detran/MS, Luiz Fernando Ferreira dos Santos as principais fraudes do documento ocorriam nos dados de identificação. “A pessoa retira a película de segurança e altera os dados ou foto. Assim, o papel é verdadeiro, mas os dados eram falsos”. Santos explica que os condutores que estiverem com o documento válido, não precisarão realizar a troca. "A nova resolução do Contran altera apenas o modelo da CNH, os procedimentos para obter a Permissão para Dirigir (PPD) ou renovação da CNH continuam os mesmos e sem alteração no custo".

 

O superintendente do Setor de Protocolo de CNH, Emerson da Silva afirma que poucas pessoas chegam ao Detran com dúvidas sobre o novo documento. “A dúvida só surge na hora do atendimento, as pessoas vêem que há dois tipos de documento e perguntam qual a diferença. Talvez elas ainda não saibam dessa mudança”. Silva explica que o atendimento e os procedimentos continuam os mesmos.

Novo layout

O novo modelo da CNH tem papel com marca d’água, tintas de variação ótica e fluorescente e imagens secretas. Os itens de controle de segurança incluem mais relevo e em microimpressão. O fundo do documento é mais amarelado e a tarja azulada, que fica no topo documento, passa a ser preta. Do lado direito está o mapa do estado responsável pela emissão e, do lado esquerdo, sob o Brasão da República, aparece a imagem do mapa do Brasil.


Fonte: Detran-MS

A nova CNH possui dois números de identificação, que são o Registro Nacional e do Espelho da CNH e uma identificação estadual, que é o Registro Nacional de Condutores Habilitados (Renach). Além disso, a partir de maio, o documento passa a ter um código bidimensional que vai permitir aos agentes de trânsito validar a habilitação por meio de um aplicativo que será disponibilizado pelo Denatran.

COMENTÁRIOS
 © Copyright 2017 Primeira Notícia