CAMPO GRANDE19º MIN 26º MAX
Primeira Notícia UFMS
  segunda, 20 de novembro de 2017
 
12 de outubro de 2013 - 14h28

Agetran promove blitz educativa em escolas de Campo Grande

Alunos da Escola Municipal Imaculada Conceição realizam Blitz EducativaCom o objetivo de proporcionar conhecimento sobre trânsito aos jovens campograndenses, a Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran) realizou, no dia 10 de outubro, o projeto Blitz Educativa na Escola Municipal Imaculada Conceição. Os alunos se uniram a agentes de trânsito e abordaram os condutores que trafegavam pela avenida Günter Hanz. Durante a ação, eles distribuíram panfletos e falaram sobre as principais infrações cometidas no trânsito.

A coordenadora de Educação no Trânsito da Agetran, Ivanise Rotta, explicou que a blitz educativa faz parte de um grande projeto chamado Vida no Trânsito. “Esse projeto tem um processo dinâmico de melhoria contínua que é a Escola Segura, e dentro das dez ações que a escola segura tem que fazer, está a blitz educativa”, detalhou. O projeto Escola Segura, realizado em mais de 40 escolas públicas e privadas da Capital, tem como principal meta a diminuição de acidentes por meio da conscientização dos condutores. “A adesão a esse projeto é instantânea, nós apresentamos para as 300 escolas de Campo Grande e cada escola se propõe a participar desse projeto”, afirmou Rotta.

A previsão é que a iniciativa estenda suas atividades, nas escolas participantes, até o final de novembro.

Projeto Vida no Trânsito

Alunos da Escola Municipal Imaculada Conceição realizam Blitz Educativa[/caption] Idealizado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e realizado no Brasil com o apoio do Ministério da Saúde, o Vida no Trânsito é uma ação global criada com foco no planejamento e execução de projetos que visam a diminuição de 50% dos índices de lesão graves e mortes em acidentes de trânsito.

Atualmente, os países participantes dessa ação são Rússia, Turquia, China, Egito, Índia, Camboja, Quênia, México, Vietnã e Brasil. No Brasil, as capitais participantes do projeto Vida no Trânsito são Palmas (TO), Curitiba (PR), Campo Grande (MS), Belo Horizonte (MG) e Teresina (PI). Campo Grande é uma das cidades piloto da iniciativa no Brasil, que começou em 2011. Desde então, o projeto promove diversas ações educativas, como por exemplo o Clube do Setinha, a pintura de estrelas no chão nos cruzamentos onde ocorreram mortes no local no ano de 2010, o Placar da Vida, a campanha “Pedestre eu cuido!” e o projeto Escola Segura, entre outros.

Devido às ações educativas promovidas pelo projeto, Campo Grande registrou diminuição no número de mortes no trânsito . Somente no período de janeiro a setembro de 2013, houve redução de 15% no número de óbitos, quando comparado com o mesmo período de 2012.

Repórter: Ana Carolina Schirmer

COMENTÁRIOS
 © Copyright 2017 Primeira Notícia